honra do casamento
Capa

A honra do casamento

“O casamento seja respeitado por todos, e que os maridos e as esposas sejam fiéis um ao outro”. (Hebreus 13:4, NVI)

Fico pensando: qual é o verdadeiro sentido deste versículo? Será que está falando simplesmente de respeito, educação, moral ou coisas parecidas? Com certeza não. Esse versículo está relacionado com “HONRA”.

Honrar não está relacionado apenas com fidelidade conjugal. Honra é considerar os interesses de seu cônjuge e levar muito a sério as suas reais necessidades, até mesmo se estas forem muito diferentes das suas. Significa cuidar e proteger o cônjuge, gerando assim, segurança no casamento. Existem casais que habitam no mesmo lar, convivem juntos e apenas se acostumaram um com o outro. Nesse caso, não existe uma cumplicidade, projetos, sonhos e ideais em comum, pois trata-se de um lar em que não há honra entre cônjuges.

Honra fala sobre a preocupação de um com o outro, consideração e uma posição de igualdade, a ponto de abrir mão de certas coisas que são importantes, em favor da pessoa amada.

É necessário abrir mão do orgulho para tornar a honra uma realidade, e muita disposição de oferecer o melhor para a pessoa que se ama. Honrar é escolher ser o melhor cônjuge para a outra pessoa, cuidando um do outro, independente daquilo que você irá receber. Portanto, honrar é uma decisão e não um presente concedido a uma pessoa por excelente comportamento.

Qual a motivação para se honrar?

Devemos honrar porque isto retrata o amor e o valor que ele/ela tem para Deus, que nos amou sendo ainda pecadores. Precisamos ser o reflexo do amor de Deus.

Após o casamento, partilhamos nossa vida, intimidade, segredos, crenças e o que temos de pior vem à tona. Isto é o resultado de muita intimidade.

Conhecendo todos estes defeitos, escolhemos “honrar” nosso cônjuge e valorizar os seus pontos positivos, ao invés de denegrir a sua imagem e a sua autoestima, procurando sempre o melhor, tratando-o da melhor forma possível.

Peça a Deus que você conheça o que ainda não sabe sobre seu cônjuge.

Quem estiver lendo o que escrevi vai dizer: “Você não conhece meu cônjuge. Não tem ideia do que ele/ela é capaz de fazer e do que estamos vivendo…”

Faça uma análise de todos os seus erros, por menores que sejam ou por maiores que sejam, pense bem: será que Deus está arrependido de tê-lo feito? Será que Ele está arrependido de ter enviado o Seu filho, o Cristo, para morrer por você?

A Bíblia diz que: “Porque Deus amou o mundo tanto, que deu seu único filho…” (Joao 3:16”, NVI). Diante disso, olhe para seu cônjuge como se ele/ela fosse a melhor pessoa deste mundo, mesmo não sendo isto, ainda, uma verdade. Com o tempo você vai aprender a observar e valorizar seus pontos positivos e suas qualidades e não dará tanta importância ou nem vai notar seus defeitos…isto se chama Honra.

Honra significa “atitude”, não é simplesmente ficar pensando, e sim agir, e esta ação tem o grande poder de transformar a sua família.

O que posso fazer para honrar meu cônjuge?

Conheça mais seu cônjuge, estude ele/ela e observe suas atitudes. Conheça os seus pensamentos, hábitos, atitudes, sonhos, expectativas, medos, dificuldades… seja um expert a ponto de ao observar seu olhar já o/a entender. E não use estes conhecimentos para atacar, ou poderá fazer com ele/ela se isole e comprometa todo o relacionamento.

Cumpra suas promessas por menores que sejam, honre através de pequenas coisas. Quantas vezes já prometeram mudar e isto só ficou na conversa? Não desanime, não arrume desculpas, aja diferente de tudo que tem sido todos esses tempos e seja verdadeiramente companheiro/a.  Principalmente as mulheres, pois elas se atentam a pequenos gestos, mas ambos quando veem estas mudanças, se sentem honrados.

Reconheça e peça perdão quando estiver errado. Seja rápido. O dizer: não consigo perdoar, é o mesmo que dizer: não quero perdoar. O perdoar abre as portas para o sucesso do casamento, e o torna vencedor sobre a discussão.

Concentre-se nas qualidades, e não nos defeitos de seu cônjuge, e elogie. Quanto mais você o/a elogiar, mais vai procurar ser a pessoa que você sempre quis.

Te digo uma coisa, com todo amor: é melhor ser feliz do que ter razão.

Que Deus continue fortalecendo a sua família, e que o Salmo 128 seja uma realidade em sua casa.

“Bem-aventurado aquele que teme ao SENHOR e anda nos seus caminhos.
Pois comerás do trabalho das tuas mãos; feliz serás, e te irá bem.
A tua mulher será como a videira frutífera aos lados da tua casa; os teus filhos como plantas de oliveira à roda da tua mesa.
Eis que assim será abençoado o homem que teme ao Senhor.
O Senhor te abençoará desde Sião, e tu verás o bem de Jerusalém em todos os dias da tua vida.
E verás os filhos de teus filhos, e a paz sobre Israel”.
(Salmos 128:1-6)

A honra do casamento

Mais vistos

Fale com os editores:
E-mail: editora@batistarenscer.com


Editado e publicado no Brasil por:
Renascer – Livraria e Editora Ltda.
Telefone: (62) 3202- 4968

2016 - Desenvolvido pelo Depto. de Marketing da Igreja Batista Renascer.

Topo