tentação
Palavras Pastorais

Crescendo por meio da tentação

A tentação é definida como a incitação que induz o desejo de algo. Pode tratar-se de uma pessoa, uma coisa, uma circunstância ou outro tipo de estímulo. A tentação está associada à sedução e à provocação.

Creio que todos já fomos “contemplados” com uma ou algumas tentações. Mesmo que busquemos a Deus, as fraquezas estão sempre diante de nós. A Bíblia chama isso de guerra do espírito contra a carne (Gálatas 5.17). O próprio apóstolo Paulo passou por isso quando disse: “Porque não faço o bem que prefiro, mas o mal que não quero, esse faço.” (Romanos 7.19).

O fato é que não há pessoa que não seja tentada de alguma forma. Jesus, em sua oração modelo disse: “e não nos deixe cair em tentação”. Ele partiu da ideia de que todos são tentados, e orou para que não fossemos seduzidos pelas tentações.

Muitas pessoas confundem pecado com tentação. Ser tentado não é a mesma coisa que pecar. Pecado é a tentação concebida e aceita. Martinho Lutero afirmou que não somos culpados quando o passarinho sobrevoa a nossa cabeça, mas, seremos culpados se o passarinho pousar e fizer um ninho nela. Por isso, seja cuidadoso com as suas escolhas, pois a tentação é inevitável, porém o pecado é evitável.

Veja o que é relatado no livro de Tiago sobre o pecado e a tentação:

“Ninguém, sendo tentado, diga: De Deus sou tentado; porque Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta.
Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência.
Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte”
. (Tiago 1:13-15)

Nesse versículo entende-se que o pecado gera a morte. Mas, o desafio maior do ser humano da atualidade não é a morte física, mas a morte espiritual. As pessoas estão morrendo espiritualmente e ainda não perceberam o que está acontecendo. Há um plano de Deus para cada um de nós, e para que o projeto d’Ele se cumpra em nossas vida é necessário não nos perdermos em meios aos medos, fraquezas e tentações.

Toda tentação é uma oportunidade para você fazer a coisa certa. É uma oportunidade de crescimento, inclusive espiritual. Precisamos aprender que a verdadeira paz vem quando você é tentado a ficar preocupado, a ter medo e a desistir. É nesse momento que, por incrível que pareça, você passa a ter paz.

É interessante observar que a tentação passa por três fases, veja:

1ª fase quando satanás identifica um desejo dentro de você – esse desejo será gerado no inconsciente, poderá ser verbalizado e até colocado em prática posteriormente. Quando o inimigo identifica esse desejo em seu coração, ele pode fazer um estrago em sua vida. A tentação começa dentro de nós, como uma pequena semente. Por isso, cuide dos seus pensamentos e dos seus desejos secretos, pois tudo pode começar por uma simples vontade imprudente.

2ª fasequando a dúvida é gerada – depois do desejo instalado no coração, satanás tenta fazer com que você duvide do que Deus disse sobre o pecado. Foi exatamente assim que ele fez com Eva no Jardim do Éden. O inimigo nos leva até mesmo a duvidar da Palavra de Deus. Por isso, seja diligente, busque o Senhor e gaste tempo com Deus. O Espírito Santo vai te ajudar a discernir o que é tentação e o que não é.

3ª fasea prática da desobediência – a desobediência pode ser conceituada como a ausência de obediência, inobediência ou insubordinação. O que se iniciou apenas como uma pequena e inofensiva ideia ou desejo, normalmente pode se tornar um estilo de vida embasado na tentação. A desobediência é a prática do pecado, que pode gerar a morte, como já foi mencionado anteriormente. Você não pode impedir o diabo de lhe sugerir pensamentos, mas pode escolher não aceitar e nem agir segundo eles.

Como cristãos somos tentados em todo o tempo e a tentação é sinal de que o diabo odeia você. Ela não é sinal de fraqueza ou que você é profano. Por isso, permaneça em Cristo, ore, controle os seus pensamentos com a ajuda da memorização da Palavra, fuja das tentações que mais lhe atormentam e repreenda, sem medo e com autoridade, os adversários que vierem lhe perturbar.

Enquanto você permitir que as tentações sejam maiores do que você, tudo estará arruinado em sua vida. Enquanto você permitir que as tentações do diabo tenham domínio sobre a sua vida, tudo estará perdido.  O desafio é reconhecer a sua vulnerabilidade, a sua fraqueza e vencê-la.

Portanto, precisamos buscar forças no único que foi tentado, mas nunca pecou: Jesus Cristo! Alimente-se da Pa­lavra de Deus e cuide-se, pois o mal que o tentador sugerir só terá efeito se nos deixarmos levar por ele!

Deus abençoe a sua vida, em nome de Jesus!

Crescendo por meio da tentação

Mais vistos

Fale com os editores:
E-mail: editora@batistarenscer.com


Editado e publicado no Brasil por:
Renascer – Livraria e Editora Ltda.
Telefone: (62) 3202- 4968

2016 - Desenvolvido pelo Depto. de Marketing da Igreja Batista Renascer.

Topo