guilherme schelb
Entrevistas

Entrevista com o Procurador de Justiça Guilherme Schelb

Fotografia: Paulo Rogê

Guilherme Schelb é Procurador Regional da República no Distrito Federal. É mestre em Direito Constitucional pela Universidade Federal do Paraná e especialista em Segurança Pública. Foi Promotor de Justiça da Infância em Brasília de 1992 a 1995. Nesta função, foi autor de diversas ações de combate e prevenção à violência e criminalidade infanto-juvenil.

Schelb atuou em investigações criminais na Europa, Estados Unidos e América do Sul. Foi responsável pelo combate ao crime organizado e à corrupção em órgãos públicos federais em ações de repercussão nacional e internacional como: o escândalo do Banco Marka, o escândalo dos aviões da FAB, a privatização do Banespa, operação Máfias Italiana e Espanhola, operação Anaconda, operação Vampiro e operação Guerrilha do Araguaia.

Além disso, é idealizador do Programa Proteger – Programa Nacional de Prevenção da Violência e Criminalidade Infanto-Juvenil (www.programaproteger.com.br) e palestrante sobre estratégias para a prevenção da violência em escolas, universidades, hospitais, polícias civil e militar, igrejas e empresas. Já ministrou palestras e treinamentos para mais de 100 mil pessoas em todo o Brasil.

Guilherme Schelb é autor de diversos livros e materiais educativos para crianças e adolescentes. Confira a entrevista exclusiva que ele concedeu à Revista Renascer:

  • Quem é Guilherme Schelb e qual o principal trabalho que ele desenvolve hoje?

Guilherme Schelb é uma pessoa que ama as pessoas, ama a família e que se dedica a cuidar daqueles que estão em fragilidade. Desde criança eu sempre me interessei pelas pessoas que sofriam algum tipo de injustiça, e hoje como adulto e procurador da justiça, o meu coração ainda arde por ajudar, de alguma forma, as pessoas que estão necessitas. Essa é a minha missão.

  • Como o senhor iniciou o seu ministério?

O meu ministério foi algo espontâneo, que nasceu quando eu ainda era funcionário do senado. O engraçado é que de início foi um processo sem intenção e inconsciente, mas logo depois entendi que o que já ardia em meu coração ainda criança, eu poderia colocar em prática através do meu trabalho.

  • Vivemos em uma sociedade onde os jovens se veem muitas vezes confusos e incapazes de tomar decisões assertivas. Em sua opinião, o que nós cristãos podemos fazer para mudar essa realidade?

Infelizmente, nós cristãos precisamos retornar à simplicidade do Evangelho, colocando em prática o que diz Mateus 25:42 – “Tive fome e me desde o que comer, tive sede e me deste de beber”. Lamentavelmente, nós cristãos, perdemos a ação cotidiana. Os cristãos da antiguidade se reuniam em casas e tinham a verdadeira essência do Senhor Jesus Cristo em suas vidas. Hoje, tristemente nós banalizamos as nossas atitudes, ao louvar, orar e até mesmo jejuar. E vejam só que até mesmo o jejum se tornou algo de um super-homem espiritual. Por isso é que com grande infelicidade é que nós cristãos nos perdemos. A marca do cristão deve ser o amor ao próximo. Precisamos estar mais juntos, aprender a ouvir mais as crianças e os adolescentes para sanar as suas feridas. Precisamos ouvir mais as pessoas que estão em dificuldades e que passam por momentos de dor.

  • Qual o seu maior objetivo de vida hoje?

Meu objetivo hoje é viver a vida, cuidar os meus filhos, amar a minha esposa, estar junto em casa. O nosso lar é um lugar de saída e de chegada, mas é também o lugar em que precisamos nos sentir bem. Por isso, precisamos valorizar o nosso lar, estar junto dos familiares e amigos. Precisamos estar preparados a poder parar tudo para ouvir.

  • Deixe um recado para os leitores da Revista Renascer e para a liderança da Igreja Batista Renascer:

Eu gostaria de dizer que essa igreja tem muitos leões (no sentido conotativo). Um leão, ao alto da montanha, domina centenas de hienas e outros animais carnívoros, por isso, precisamos reconhecer esse lugar, onde somos autoridades, em que o exército anda segundo o seu propósito, separando o autoritarismo da autoridade. Goiânia precisa de vocês como leões de Cristo. Por isso, o meu desejo é que esse ministério possa brilhar nessa cidade e fazer a diferença nas famílias e em todos os lugares da sociedade.

Entrevista com o Procurador de Justiça Guilherme Schelb

Mais vistos

Fale com os editores:
E-mail: editora@batistarenscer.com


Editado e publicado no Brasil por:
Renascer – Livraria e Editora Ltda.
Telefone: (62) 3202- 4968

2016 - Desenvolvido pelo Depto. de Marketing da Igreja Batista Renascer.

Topo