zona rural proteger
Segurança em pauta

Moro na zona rural: como posso me proteger?

Segundo levantamentos de institutos de pesquisa, a produção agrícola foi responsável por 13% do crescimento do PIB no último ano. Já não existe divisão profunda entre a vida no campo e a vida na cidade. Cada vez mais pessoas se dedicam à produção rural, habitando no campo ou dividindo a vida entre o campo e a cidade. Por conseguinte, a vida no campo tem sido vítima de problemas que antes afetavam exclusivamente quem vive na cidade. A violência é um dos fatores que hoje afetam a vida, tanto no meio rural quanto no meio urbano. Por isso, medidas paliativas precisam ser adotadas como maneira de auxiliar as autoridades e órgãos competentes a fornecer segurança para todos. As patrulhas rurais têm se tornado um dos primeiros desejos de quem vive no campo. Mas, a polícia sozinha não resolve o problema da segurança. Compreendendo a extensão e gravidade deste problema, e por isso elaborei algumas dicas de segurança para quem vive integral ou parcialmente no campo. Para tanto, o tema da coluna Segurança em Pauta deste mês é:

Moro na zona rural: como posso me proteger?

Os moradores da zona rural convivem com características próprias que parecem expô-los à perigos, mas também ao mesmo tempo, os protege de situações de riscos. Um exemplo disso é a distância das sedes de suas propriedades até os centros urbanos. Como melhorar a segurança neste caso? Aspectos de abandono contribuem para incentivar uma ação marginal, por isso mantenha a sua propriedade organizada e limpa. Procure ter boa visibilidade dos pontos de acesso e faça sempre contato com os seus vizinhos. Crie canais de comunicação por telefone ou rádio. Organizem-se em comunidades para agirem de forma coordenada em situações suspeitas. Troquem informações quando avistarem algo anormal, como pessoas estranhas rondando as propriedades. Procure não comentar sobre bens e valores que você disponha em sua propriedade e tenha apenas o necessário por um tempo curto. Conheça seus funcionários e convide integrantes da patrulha rural para visitar a sua propriedade. Façam reuniões periódicas para traçar estratégias e colham sugestões de todos. Procure delegar a alguém a visita periódica às propriedades. Por exemplo, cada morador pode visitar os membros do grupo a cada semana. Incluam a Polícia Militar em suas reuniões. Lembre-se: a patrulha rural existe para proteger você.

Eu sou o Coronel Viveiros, Presbítero da Igreja Batista Renascer.

Saiba que a única maneira de servir a Deus é servindo ao próximo.

Até a próxima edição e fiquem na paz do Senhor!

Moro na zona rural: como posso me proteger?

Mais vistos

Fale com os editores:
E-mail: editora@batistarenscer.com


Editado e publicado no Brasil por:
Renascer – Livraria e Editora Ltda.
Telefone: (62) 3202- 4968

2016 - Desenvolvido pelo Depto. de Marketing da Igreja Batista Renascer.

Topo