perdão
Artigos

Sendo livre através do perdão

Perdão é conceder indulto gratuito ou remissão, abrindo mão da reivindicação. Deus esquece dos nossos pecados quando perdoa (Hebreus 8:12). Quando não perdoamos, mantemos muitos em cativeiro, pois a falta do perdão é uma escravidão que causa contenda, divisão, depressão, doença e condenação.

Perdão é cancelar ou remir. O sinônimo de perdão é anular dívidas, ofensas, prejuízos e libertar o ofensor. Quando você perdoa, cessa de imputar a culpa (Romanos 4:7 a 8).

É interessante destacar que perdão é uma ordem e não uma sugestão (Mateus 6:14 e 15), pois é um princípio espiritual. Quando Jesus ensinou a orar, Ele incluiu em Sua oração o perdão.

A falta de perdão é uma prisão. Para onde formos e para onde fugirmos estaremos ligados a pessoas pelo amor ou pelo ódio.  Estando longe ou perto você estará acorrentado à falta do perdão. Quando não perdoamos, sofremos torturas como angústia, depressão, enfermidades, debilidades físicas, etc. O ressentimento é como tomar veneno e esperar que o outro morra. É acrescentar ao sofrimento a mágoa. O perdão não é um benefício para o ofensor, e sim para a vítima por causa dos resultados que ele produz. Quando não perdoo eu me prendo e posso prender pessoas.

O perdão verdadeiro não é esquecimento. Isto é amnésia. Quando libero perdão não sinto mais dor nem sentimento de vingança, que leva à depressão. Ele é dado não para continuar convivendo, mas para liberar o seu coração. Não precisamos amar profundamente todo mundo, mas precisamos conviver em paz com todos.

Somos cooperadores da construção de uma vida harmoniosa e cheia de paz. Aquele que encobre as suas transgressões, jamais prosperará, mas quem as confessa e deixa alcançará misericórdia (Provérbios 28:13). A prioridade de Deus ainda é a misericórdia e a salvação para aquele que se arrepende. Nossas justiças são como trapo de imundícia que só serve para ser jogado fora e para condenar e matar. Quem somos nós para nos colocarmos como juiz de nosso irmão?

O perdão é um ato consciente, pois é uma decisão, por isso ele deve ser contínuo no passado, no presente e no futuro. O perdão é do espírito, não é da carne, muito menos da alma. Não preciso estar cheio do Espírito Santo para perdoar.

Mas, quando devo perdoar? Entenda mais alguns pontos importantes sobre como ser livre através do perdão:

  • O perdão é incondicional para o pecador e é condicional para Deus, pois Ele espera o meu arrependimento e mudança de atitude para o perdão verdadeiro.
  • O perdão deve ser dado, mesmo que o ofensor não se arrependa, pois a raiva pode virar ódio e este se transformar em amargura. Somos pecadores e necessitados do perdão Divino (Romanos 3:23).
  • Devemos seguir o exemplo Divino (Efésios 4:32), sendo benignos e compassivos, perdoando como Deus nos perdoou. O perdão é fruto de um coração bondoso em atitudes.
  • O ofensor não precisa merecer nosso perdão para ser perdoado, pois perdoar é um ato de misericórdia e compaixão. Não tem nada a ver com o merecimento. Tenho que ter iniciativa de reconciliação.
  • O diabo leva vantagem quando não perdoamos (II Coríntios 2:10 a 11), pois ele age nas legalidades. Todos os dias o ofensor e o ofendido estão presos, por isso não podemos dar lugar ao diabo.

Veja alguns conselhos práticos:

a) Tenho que ter fé para perdoar (Lucas 17:3 a 5);

b) A fé quanto mais exercitada mais cresce;

c) Deus não nos pede além do que possamos dar;

d) O perdão precisa ser renovado. O diabo tenta renovar a ferida e quando você renova o perdão ele perde o domínio (Provérbios 17:9);

e) Cada vez que a dor voltar declare perdão e lute contra a mágoa;

f) Veja o ofensor como vítima da ignorância, da imaturidade ou debaixo de uma influência maligna;

g) Não alimente a autocomiseração – que é a dó de si mesmo.

Portanto, entenda que o perdão é benefício para o ofendido e também para o ofensor deixando os dois livres para a felicidade. Quando entendemos isso rápido, encontramos o caminho para a verdadeira libertação.

Por isso, não perca tempo, seja livre e feliz através do perdão!

Sendo livre através do perdão

Mais vistos

Fale com os editores:
E-mail: editora@batistarenscer.com


Editado e publicado no Brasil por:
Renascer – Livraria e Editora Ltda.
Telefone: (62) 3202- 4968

2016 - Desenvolvido pelo Depto. de Marketing da Igreja Batista Renascer.

Topo