honra na família
Capa

Vivendo a honra na família

No Velho Testamento a palavra honra literalmente significava “pesado”. Já no Novo Testamento, honra significava “um apreço”. O apóstolo Pedro disse que o sangue do Filho de Deus era pesado, extremamente precioso e muito mais valorizado do que “coisas corruptíveis, como prata ou ouro” (1 Pedro 1:18). Honrar a Deus é colocar um valor maior n’Ele do que em qualquer coisa na terra ou no céu.

Da mesma forma, quando “honramos” uma pessoa falamos que ela é extremamente valiosa aos nossos olhos. Paulo disse aos filipenses sobre Epafrodito: “Recebei-o, pois, no Senhor, com toda a alegria, e honrai sempre a homens como esse” (Filipenses 2:29).

O oposto aplica-se à desonra. Podemos, pelo que falamos e pela maneira com que tratamos uma pessoa, comunicá-la que ela é de pouco valor para nós; que as suas palavras e seus esforços tem “pouco peso” no nosso modo de ver.

Um princípio crítico para o crescimento espiritual de uma família, frequentemente negligenciado é o da honra. Os apóstolos ensinaram que os cristãos deviam honrar uns aos outros. “Igualmente vós, maridos, coabitai com ela com entendimento, dando honra à mulher, como vaso mais fraco; como sendo vós os seus co-herdeiros da graça da vida…” (1 Pedro 3:7 RC). “Filhos, obedecei a vossos pais no Senhor, pois isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa), para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra”. (Efésios 6:1-3). “Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros”. (Romanos 12:10).

honra na família

Uma pesquisa foi feita com famílias nos Estados Unidos, perguntando às pessoas: “Quais são os dez atos mais desonrosos no lar?” Aqui estão os resultados:

  1.   Ignorar ou não considerar as opiniões, os conselhos ou as crenças de outras pessoas.
  2.   Envolver-se na televisão ou no jornal enquanto outra pessoa tenta se comunicar conosco.
  3.   Fazer piadas sobre as fraquezas ou falhas de uma outra pessoa.
  4.   Fazer ataques verbais regulares contra um amado: criticar severamente, julgar, dar broncas sem carinho.
  5.   Não dar a devida importância à família do cônjuge ou a outros parentes no seu planejamento e comunicação.
  6.   Ignorar ou simplesmente não expressar gratidão por atos bons feitos para nós.
  7.   Praticar hábitos de mal gosto em frente à família – mesmo quando pedem que paremos.
  8.   Nos comprometer exageradamente com outros projetos ou pessoas de maneira que tudo fora do lar pareça ser mais importante do que dentro do lar.
  9.   Lutas pelo poder que deixam uma pessoa sentindo que é uma criança ou que está sendo severamente dominada.
  10. Falta de vontade de admitirmos que estamos errados ou falta do perdão.

O fato é que cada decisão que tomamos ignorando o plano de Deus traz consequências. No caso de uma família onde não há honra, casamentos são arruinados e filhos se rebelam.

Mas, como podemos restaurar a honra nos nossos lares? Veja abaixo algumas atitudes que podem ajudar em um maior êxito da família:

  • Honrar ou valorizar mais as pessoas: honra não é um sentimento, é uma decisão. Deus não ordena sentimentos, mas nos ordena a pensar e agir de certa forma. Deus disse, “tratai todos com honra” (1 Pedro 2:17), “preferindo-vos em honra uns aos outros” (Romanos 12:10), “considerando cada um os outros superiores a si mesmo” (Filipenses 2:3), e “os que nos parecem menos dignos no corpo, a estes damos muito maior honra” (1 Coríntios 12:23). Primeiro temos de decidir que as pessoas são valiosas e, principalmente aquelas que Deus pôs sobre os nossos cuidados.
  • Decidir e agir: honra envolve fazer, mostrar e expressar. O apóstolo Paulo ensina que os maridos devem ser “cabeça”, amar suas esposas, sacrificar por elas, alimentar e cuidar delas (Efésios 5:22-31). Às esposas foi dito que sejam submissas, temam e respeitem seus maridos (Efésios 5:22-33). É dito aos filhos que obedeçam seus pais (Efésios 6:1). Há muitas outras coisas que podemos fazer para mostrar que valorizamos as pessoas da nossa família. Decidir e agir com honra fará toda a diferença.

Dessa forma, o que Deus vê quando observa os pais e filhos em seu lar? Ele vê amor, respeito, consideração, valorização e honra? Se queremos famílias fortes, saudáveis e felizes, teremos que reconhecer que o plano de Deus é o melhor, implantar esse plano nas nossas próprias vidas e depois dividir esse plano com os outros em nossa família.

Portanto, seja cuidadoso com a sua família, pois esse é o verdadeiro propósito do Senhor para a nossa casa!

Vivendo a honra na família

Mais vistos

Fale com os editores:
E-mail: editora@batistarenscer.com


Editado e publicado no Brasil por:
Renascer – Livraria e Editora Ltda.
Telefone: (62) 3202- 4968

2016 - Desenvolvido pelo Depto. de Marketing da Igreja Batista Renascer.

Topo